Corte total no trânsito até maio entre Manique e Tires

Por Redação CASCAIS24

30.01.2017


Até 31 de maio próximo, a circulação rodoviária entre a nova rotunda a norte do aeródromo de Tires e o centro de Manique, junto à sede do Grupo Musical e Desportivo 31 de Janeiro, de Manique, vai estar condicionada ao tráfego.

Em causa estão os trabalhos de alargamento e requalificação da EN 274-5, entre Manique e a nova rotunda criada a norte do aeródromo municipal de Tires, no final da avenida Amália Rodrigues.

“Pelas suas características, diz a Câmara Municipal de Cascais, a obra implica o corte total de trânsito até ao final do mês de maio”.

“O corte será promovido entre a nova rotunda a norte do aeródromo e o centro de Manique, junto ao Grupo 31 de Janeiro de Manique”, precisa o município, segundo o qual “apenas será permitida a circulação de trânsito local e acesso a moradores”.

Toda a circulação será desviada de acordo com sinalização implementada no local, tirando partido da nova ligação em funcionamento entre a estrada Manique-Trajouce e a EN 274-5 entre Manique e Tires.

Estes trabalhos de requalificação são da responsabilidade da Câmara Municipal de Cascais. 

4 comentários:

  1. Eu até percebo que tenham de fazer obras, agora façam as coisas como deve ser e já agora com o minimo incomodo para os utentes. Porque é que a estrada entre Manique e Tires não foi só cortada após as obras entre Manique e Trajouce estarem feitas, ou pelos menos entre Manique e o entroncamento que dá acesso á nova rotunda junto ao aeródromo. Logo junto á saida do colégio dos Salesianos temos uma faixa cortada, tendo de alternar entre o transito que vem de Trajouce com todos os carros que saiem do colégio mais quem passa por ali regularmente, ou seja por volta das 08H30 está tudo engarrafado.
    Não percebo também porque é que a estrada de Manique para Trajouce não está já alcatroada, sendo mais uma alterantiva. Relembro tambem que esta estrada foi toda alcatroada á uns meses ou á um ano e pouco para logo depois ser toda esventrada, coisas bem paneadas. Nos troços em que já foi alcatroada está uma vergonha tudo cheio de buracos, tudo desnivelado, junção entre o alcatrão que estava e o novo nem existe, uma vergonha. Se calhar as coisas poderiam ter sido programadas para não calharem todas em ano de eleições.

    Cumprimentos
    Paulo Pinto

    ResponderEliminar
  2. Venho desta forma reclamar da forma como estão a ser feitas as obras entre Manique – Tires e Manique – Trajouce. Eu até percebo que tenham de fazer obras, agora façam as coisas como deve ser e já agora com o mínimo de transtorno para os utentes. Porque é que a estrada entre Manique e Tires não foi só cortada após as obras entre Manique e Trajouce estarem feitas, ou pelos menos entre Manique e o entroncamento que dá acesso á nova rotunda junto ao aeródromo. Logo junto á saída do colégio dos Salesianos temos uma faixa cortada, tendo o trânsito de alternar entre quem vem de Trajouce com todos os carros que saem do colégio e mais quem passa por ali regularmente, ou seja pelo menos por volta das 08H30 está tudo engarrafado.
    Não percebo também porque é que a estrada de Manique para Trajouce não está já alcatroada, quando poderia ser mais uma alternativa. Relembro também que esta estrada foi toda alcatroada á uns meses ou á um ano e pouco para logo depois ser toda esventrada, coisas bem planeadas. Nos troços em que já foi alcatroada está uma vergonha tudo cheio de buracos, tudo desnivelado, junção entre o alcatrão que estava e o novo nem existe, uma vergonha. Se calhar as coisas poderiam ter sido programadas para não calharem todas em ano de eleições.

    Atentamente
    Paulo Pinto

    ResponderEliminar
  3. Devem estar a gozar!!!! S´pode ser uma piada sem gosto...

    ResponderEliminar